Publicidade

Publicidade
ÚLTIMA HORA

Bolsonaro diz que Moro só aceitava troca no comando da PF após ser indicado ao STF

Foto: Reprodução/Facebook
Durante pronunciamento em rede nacional, o presidente Jair Bolsonaro disse, nesta sexta-feira (24/04), que o ex-ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, só aceitaria a troca do comandante-geral da Polícia Federal em novembro, depois de ser indicado à vaga que se abrirá ao Supremo Tribunal Federal (STF).

Em fala recheada de episódios e mágoas com Moro, Bolsonaro comentou sobre a atuação da Polícia Federal no assassinato da vereadora Marielle Franco. O presidente comparou com o episódio do ataque a facada que ele sofreu durante a campanha presidencial. "Quase exigir que a PF se preocupe em descobrir com quem matou Bolsonaro. A PF de Sérgio moro só se preocupou com Marielle. Eu pedi que descobrisse quem tentou me matar e se importaram mais com Marielle do que com seu chefe supremo".

Sergio Moro pediu demissão em coletiva na manhã desta sexta-feira (24/04) após divergências com o Governo Bolsonaro. Sobre o ato, Bolsonaro comentou: "O senhor Sergio Moro disse que tinha uma biografia a zelar. Bom, eu tenho um Brasil a zelar". O Chefe do Executivo ainda continuou os comentários sobre o caso Marielle, ponderando sobre a situação do áudio do porteiro do condomínio onde Bolsonaro morava, importante parte da investigação. Em áudio vazado, a suposta voz de um porteiro liberou a entrada do acusado de matar Marielle na casa do presidente.

Assista ao pronunciamento do presidente:


O Povo Online
  • Blogger Comments
  • Facebook Comments
Item Reviewed: Bolsonaro diz que Moro só aceitava troca no comando da PF após ser indicado ao STF Rating: 5 Reviewed By: SOBRAL EM FOCO