Publicidade

Publicidade
ÚLTIMA HORA

Policiais que não aderiram à greve reocupam quartel onde Cid Gomes foi baleado

Foto: Divulgação/SSPDS
Equipes do Comando Tático Rural (Cotar), do Comando de Polícia de Choque (CPChoque) da Polícia Militar do Ceará (PMCE), retomaram o quartel do 3º Batalhão de Polícia Militar (3º BPM), em Sobral. O local é onde o senador licenciado e ex-governador do Ceará, Cid Gomes, foi baleado. A informação é do jornal O Povo.

Após o atentado contra o ex-governador, o CPChoque realizou incursão no quartel no 3º BPM, mas os policiais amotinados fugiram antes da ação se concretizar. Equipes do Cotar permanecem no local.


Entenda o caso


Após o início dos atos de paralisação, depredação de viaturas e ocupação de prédios desde a noite desta terça-feira, 18, na Região Metropolitana de Fortaleza, homens encapuzados foram vistos em Sobral desfilando em viaturas. Eles se juntaram no quartel do 3º BPM após Cid Gomes anunciar nas redes sociais que estava indo à cidade negociar com o movimento.

Na tarde desta quarta-feira, 19, Cid fez discurso em Sobral onde chama os policiais de "bandidos", e em seguida dirigiu-se ao quartel do 3º BPM. Ele avisou aos policiais que teriam cinco minutos para sair, e em seguida derrubou o portão do quartel com uma retroescavadeira, sendo baleado em seguida.

Cid Gomes foi levado ao Hospital do Coração (HC) de Sobral, onde passou por cirurgia, realizou exames na Santa Casa e retornou ao HC, onde ficará em observação. Ele não corre risco de morte e já está sem sedação. O hospital está escoltado por viaturas da Polícia Rodoviária Federal (PRF).

A Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) do Governo do Estado afirmou em nota que o ataque contra o senador Cid Gomes está sendo investigado pela Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE), em conjunto com a Polícia Federal (PF).

  • Blogger Comments
  • Facebook Comments
Item Reviewed: Policiais que não aderiram à greve reocupam quartel onde Cid Gomes foi baleado Rating: 5 Reviewed By: SOBRAL EM FOCO