Publicidade

Publicidade
ÚLTIMA HORA

Ceará monitora três atletas, entre eles Barrios, para reforçar ataque

FOTO: Lucas Uebel/Grêmio FPA
O atacante Lucas Barrios se destacou no futebol brasileiro com as camisas de Grêmio (foto) e Palmeiras

O Ceará se reapresentou na segunda-feira (24) após 10 dias de folga, mas sem reforços para a sequência da Série A, na qual voltará a jogar no dia 15 de julho, contra o Fluminense, às 20 horas, no Maracanã. Serão 20 dias de treinamentos até o recomeço dos jogos da Série A, período em que o clube precisa urgentemente de reforços para o ataque, mais precisamente um camisa 9. A janela de transferências internacionais abre no dia 1º de julho e fecha no dia 20, portanto, o Vovô tem praticamente um mês para inscrever reforços no BID da CBF.

A posição disparada é a mais carente do elenco, principalmente após as saídas de Roger e Ricardo Bueno - este rescindiu contrato ontem -, além da lesão de Bergson que só deve voltar em duas semanas para a transição. Bueno e Roger foram responsáveis por 16 gols do time no ano.


Assim, ao contar apenas com Romário como referência e outros atacantes de 'lado', como Leandro Carvalho, Mateus Gonçalves e Rick, a contratação de um ou dois centroavantes é obrigatória para o clube, que já sondou três nomes, todos do exterior: Thiago Marques, de 31 anos, do Jeju United, da Coreia do Sul; Lucão, de 27 anos, que estava no Kuwait SC; e por último, o nome de mais peso, Lucas Barrios, de 34 anos, que está no Huracán, da Argentina.

O repórter Déo Luis, da Rádio Verdes Mares, noticiou que o Alvinegro estuda a vinda do centroavante.Em contato com o Diário do Nordeste, o presidente do Ceará, Robinson de Castro, limitou-se a dizer que Barrios é um "bom nome".

Em nove jogos pela equipe no Campeonato Argentino, na temporada 2018/2019, Barrios marcou apenas três gols, mas tem um grande currículo e pode ter boa repercussão com a torcida, que atualmente cobra a chegada de um Camisa 9 para o time.

Barrios, que nasceu na Argentina, mas se naturalizou paraguaio, já defendeu a Seleção Paraguaia em 34 jogos, marcando 10 gols. O melhor momento do atacante foi entre 2008 e 2012, quando marcou 54 gols em 59 jogos pelo Colo Colo, do Chile, chamando a atenção do Borussia Dortmund, da Alemanha. Lá, fez 49 gols em 101 jogos.

O atacante jogou no futebol brasileiro no Palmeiras e no Grêmio, marcando 13 gols em 44 jogos pelo Verdão, entre 2015-2017, e 18 gols em 45 jogos pelo time gaúcho em 2017.

Opções

Os outros nomes que o Vovô negocia têm menos peso. Thiago Marques atuou em 51 jogos pelo Jeju United e marcou 15 gols. Na Ferroviária, ele se destacou no Paulistão e fez quatro gols em 14 jogos, transferindo-se para o Juventude, onde fez 33 jogos e marcou 12 vezes.

Já Lucão estava no Kuwait SC, mas rescindiu contrato recentemente com o clube. Além do Ceará, o Goiás também está na briga pelo jogador, time no qual Lucão jogou em 2017 e marcou 16 gols na Série B. O CSA também tentou o jogador, mas as negociações não avançaram.

O atacante estava com receio de um conflito entre Estados Unidos e Irã. Por isso, rescindiu o contrato com o Kuwait SC, do Kuwait, que fica no Oriente Médio, a mesma região iraniana. Após nova passagem frustrante no exterior - 103 minutos em campo e quatro jogos, sem gols - o atacante quer voltar ao Brasil.

Diário do Nordeste


  • Blogger Comments
  • Facebook Comments
Item Reviewed: Ceará monitora três atletas, entre eles Barrios, para reforçar ataque Rating: 5 Reviewed By: SOBRAL EM FOCO