Publicidade

Publicidade
ÚLTIMA HORA

LEÔNIDAS CRISTINO FAZ DISCURSO CONTRA TEMER NO CONGRESSO NACIONAL


É uma triste rotina, uma vergonha para o País quando, em apenas três meses, o presidente da República torna-se, por duas vezes, alvo de votação para decidir se a Câmara dos Deputados autoriza o Supremo Tribunal Federal (STF) a investigá-lo sobre acusação de crime comum.

Com essa marca degradante o presidente Michel Temer desonra o cargo, macula a história e desrespeita a Nação ao ser denunciado duas vezes seguidas por crimes comuns.

Na primeira vez, no dia 2 de agosto, diante da denúncia por crime de corrupção passiva, esta Casa não autorizou o STF a analisar a denúncia formalizada pela Procuradoria-Geral da República (PGR) contra o chefe de Estado.

Na ocasião, votei pela autorização da investigação. Decidi assim com toda clareza de consciência e compromisso com os cearenses que me honraram com o seu voto. É clara a minha compreensão dos preceitos constitucionais que asseguram: “todos são iguais perante a lei”.

Agora a situação se repete e o País assiste ao deplorável espetáculo da segunda denúncia contra o presidente Temer, desta vez por obstrução de justiça e organização criminosa. Tal qual o primeiro processo, este tramita na Câmara dos Deputados apinhado de rumores e narrativas que insultam o princípio da independência dos poderes da República, vituperam o sistema representativo e ultrajam o parlamento brasileiro.

Por isso, vou votar pela autorização ao STF para o prosseguimento da apuração, no sentido de que permitamos investigar se as denúncias são verdadeiras ou não. A lei concede, no processo, amplo direito ao contraditório e à defesa ao acusado e cabe ao juiz decidir.

Não custa lembrar que a Câmara dos Deputados não julgará Michel Temer nessa votação. Apenas vai autorizar - ou não – que o STF abra processo por crimes comuns contra o presidente da República.

Michel Temer tem a pior avaliação da série histórica sobre a popularidade de um governante brasileiro.

Confirmando o conceito do povo brasileiro, o Ibope, em pesquisa realizada entre os dias 15 a 20 de setembro para a Confederação Nacional da Indústria (CNI), constatou que 77% da população julgam o governo Temer ruim ou péssimo e apenas 3% consideram-no ótimo ou bom. Desde 1986, quando este tipo de pesquisa começou a ser feita no Brasil, esta foi a pior avaliação de um presidente.

Desta vez, a Câmara há de ouvir a voz das ruas. Que a voz da consciência prevaleça. É o que esperamos.

Muito obrigado!

Leônidas Cristino

Deputado Federal (PDT-CE)
  • Blogger Comments
  • Facebook Comments
Item Reviewed: LEÔNIDAS CRISTINO FAZ DISCURSO CONTRA TEMER NO CONGRESSO NACIONAL Rating: 5 Reviewed By: SOBRAL EM FOCO