Publicidade

Publicidade
ÚLTIMA HORA

Guarany de Sobral joga bem, mas perde para o Ferroviário no Junco



Muitas expectativas dos torcedores, um bom público e uma partida com a cara de um bom clássico entre Guarany x Ferroviário no Estádio do Junco, que não acontecia há 2 anos, desde que o Tubarão da Barra não disputava novamente a primeira divisão. E falando em primeira divisão, a disputa acirrada aconteceu mesmo antes da bola rolar, nos tribunais, onde Guarany e Ferroviário ficaram no sobe e desce da primeira para a segunda divisão e vice versa. O fato é que as duas equipes conseguiram vencer nos tribunais e disputar a elite do futebol cearense, que no decorrer dos anos perdeu seu "glamour".
A torcida do Cacique do Vale compareceu em peso ao Estádio do Junco, em Sobral. Mais de 100 novas camisas do bugre foram vendidas antes do jogo, segundo a diretoria. A torcida realmente estava empolgada.
guarany1x2ferroviario5
O jogo
Bola rolando no Juncão. Os 10 primeiros minutos foram de conhecimento entre as equipes comandadas por Junior Cearense e Marcelo Vilar. De um lado, como destaque, o artilheiro do campeonato, Maxuel e de outro o Imperador do Cacique, Luiz Carlos.
O time da capital saiu na frente com Maxuel, o "Ibrahimovic do Nordeste", assim como batizou o narrador da Rádio Coqueiros FM, Paulo César Ponte. O primeiro gol do jogo foi marcado aos 24 minutos do primeiro tempo após cruzamento de Jeanderson e falha da zaga em jogo aéreo.
Após o primeiro gol, os sobralenses continuaram indo pra cima. E de tanto persistir, o gol saiu, e foi pra tirar o fôlego da torcida. Aos 46 minutos, falta para o Guarany e Felipe Almeida na cobrança. O juiz autorizou, a bola foi pra área, Carlos Alberto tentou dominar, mas a bola foi parar nos pés de Luiz Carlos, que de bicicleta acendeu a chama dos rubro-negros, que ainda tinham a esperança e o objetivo de vencer o jogo. O primeiro tempo terminou empatado em 1 a 1.
guarany1x2ferroviario4
A segunda etapa foi iniciada sem alterações em ambas as equipes. A história se repetia, Guarany arriscando e Ferroviário se defendendo como podia. E tudo aparecia em prol do Guarany, jogando bem e com um a mais, após a expulsão de Mimi, meio campo do Ferroviário após chegada dura em Ricardo Baiano, mas faltava o mais importante, o gol.
Objetividade
Se de um lado o Guarany, com muitas chances, não acertava, o Tubarão da Barra só precisou de mais uma chance e mais uma descompostura da zaga do Cacique para desempatar o jogo e levar os três pontos. E adivinhem quem foi o protagonista? Exatamente, Maxuel, o "Ibrahimovic do Nordeste". O gol saiu após um novo cruzamento, só que dessa vez de Vitinho. Após o novo gol, o Ferroviário "fazia cera" enquanto tinha o domínio da bola, afinal isso é normal quando se está ganhando o jogo e com um a menos. Placar final: Guarany de Sobral 1 x 2 Ferroviário.
Próximo jogo
O Guarany de Sobral volta a campo no próximo domingo (22) para enfrentar o Itapipoca às 16 horas, no Estádio do Junco. O Ferroviário voltará a campo no mesmo dia às 15h30, onde enfrentará o Guarani de Juazeiro, no Romeirão.
guarany1x2ferroviario2
FICHA TÉCNICA
Jogo: Guarany de Sobral 1 x 2 Ferroviário
Estádio: Junco / Sobral
Árbitragem: Avelar Rodrigo com assistências de Mardônio Ribeiro e Cláudio Menezes
Cartões amarelos: Ricardo Baiano, Jeferson Maranhense, Waldson e China (GUA) | Raul Muller, Jeanderson e Mimi (FER).
Cartões vermelhos: Mimi (FER).
Público: não divulgado
Renda: não divulgada
GUARANY DE SOBRAL: Tiago; Felipe Almeida, Waldson, Carlos Alberto e Magno; Ricardo Baiano (Bacharel), China, Alan (Billy Joe) e Jeferson Maranhense; Damião e Luiz Carlos (Wanderley) | Técnico: Junior Cearense.
FERROVIÁRIO: Mauro; Gustavo, Erandir, Tulio (Moisés) e Jeanderson (Victor Cearense); Jonathas, Vitor, Mimi e Valdeci; Raul Muller (Glauber) e Maxuel | Técnico: Marcelo Vilar.
Reportagem de Thales Menezes | Fotos: Alexandre Frota e Dyesse Lopes
  • Blogger Comments
  • Facebook Comments
Item Reviewed: Guarany de Sobral joga bem, mas perde para o Ferroviário no Junco Rating: 5 Reviewed By: SOBRAL EM FOCO